Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Bienal do Livro de São Paulo, que tinha sido cancelada, terá edição online

A 1ª Bienal Virtual do Livro de São Paulo será entre 7 e 13 de dezembro

Redação, O Estado de S. Paulo

17 de setembro de 2020 | 12h58

A Bienal do Livro de São Paulo, que cancelou sua edição de 2020 em junho, voltou atrás e anuncia agora uma edição virtual da maior feira de livros da América Latina. A 1ª Bienal Virtual do Livro de São Paulo será realizada entre os dias 7 e 13 de dezembro.

A ideia é reunir leitores, escritores e profissionais do mercado editorial em uma plataforma onde será possível acompanhar os eventos literários da Arena Cultural e do Salão de Ideias e até comprar livros.

Os organizadores esperam mobilizar 150 expositores e mais de um milhão de participantes - nas edições passadas, ela recebeu, no Anhembi, cerca de 600 mil pessoas. 

A 26ª Bienal do Livro de São Paulo aconteceria entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro no Expo Center Norte.

A programação da nova feira ainda não foi anunciada.

Recentemente, a Feira do Livro de Frankfurt anunciou o cancelamento de sua edição presencial e montou uma programação online. Outros festivais brasileiros que ocorrem neste segundo semestre também estão se adaptando à nova realidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.