FABIO MOTTA/Estadão
FABIO MOTTA/Estadão

Biblioteca Nacional fecha as portas no Rio para evitar disseminação do coronavírus

Medida busca proteger os funcinários, diz a instituição que tem sede na Cinelândia

Redação, O Estado de S. Paulo

17 de março de 2020 | 09h07

A Biblioteca Nacional fechou suas portas nesta terça-feira, 17, como medida para conter a disseminação do coronavírus.  Segundo a instituição, o fechamento deve durar 15 dias e a medida busca proteger os funcionários do coronavírus.

Ainda segundo a Biblioteca Nacional, já estavam suspensas, desde a semana passada, as visitas guiadas e o funcionamento aos sábados. Guardiã da memória nacional e um dos mais importantes centros de pesquisa, ela é o mais antigo centro cultural do País e tem sede no centro do Rio.

A Biblioteca Nacional foi inaugurada com a chegada da família real, há mais de 200 anos e foi formada a partir de alguns milhares de livros da Biblioteca Real, de Lisboa. Hoje, ela conta com nove milhões de obras - muitas delas raras.

Este é mais um dos inúmeros centros culturais que começaram a fechar suas portas e cancelar ou suspender sua programação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.