Helvio Romero/Estadão
Helvio Romero/Estadão

Biblioteca digital gratuita é inaugurada com 15 mil livros

No aplicativo BibliON, é possível emprestar e-books e audiolivros, participar de clubes de leitura, fazer oficinas e ouvir podcasts

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2022 | 05h00

Uma nova e vasta biblioteca online acaba de ser inaugurada. São mais de 15 mil títulos digitalizados em um único aplicativo, o BibliON, uma plataforma gratuita que pretende ampliar o acesso das pessoas aos livros. 

A iniciativa é da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo em parceria com a SP Leituras, organização que gerencia o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo.

Segundo o diretor executivo da SP Leituras, Pierre Ruprecht, o projeto não ameaça o fechamento de bibliotecas físicas – ele quer incentivar o hábito de leitura para ampliar o público das bibliotecas locais. “É necessário que os projetos sejam pensados para privilegiar não apenas o acervo como também o usuário, por meio de uma oferta variada de serviços que compõem o conhecimento, além da leitura”, afirmou Ruprechet. 

A BibliON pretende investir na atualização de seu acervo e em treinamentos para bibliotecários e mediadores de leitura. Para isso, novos formatos vão ser explorados, como e-books e audiolivros. O projeto também contempla clubes de leitura, podcasts, seminários, capacitações e oficinas, além de outras atividades culturais e de formação. 

Carteirinha

O usuário pode fazer empréstimo de até duas obras simultaneamente, por 15 dias. A BibliON permite organizar listas, adicionar favoritos e compartilhar um livro como dica de leitura nas redes sociais. Uma novidade é que o sistema aposta nos princípios de gamificação, que analisa o engajamento do usuário por meio das reservas e histórico para sugerir novos títulos relacionados. No aplicativo, os associados conseguem acompanhar dados do tempo dedicado à leitura e participar de desafios.

Além disso, é possível ler em dispositivos móveis, sem a necessidade de usar dados do celular, por meio de um download prévio do título. No arquivo, o leitor pode ajustar o tamanho da letra e o contraste da tela, em modos de leitura adaptados para dia ou para noite, e usar a ferramenta que aciona leitura em voz sintetizada, para saída em áudio do texto.

 

Tudo o que sabemos sobre:
biblioteca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.