Reuters/Polícia de Pueblo
Reuters/Polícia de Pueblo

Autor de guia para pedófilos é preso por distribuir material obsceno

Phillip Greaves pode pegar cinco anos de prisão por escrever 'código de conduta' sobre pedofilia

REUTERS

21 de dezembro de 2010 | 17h57

Um autor acusado de fazer apologia da pedofilia foi preso nesta segunda-feira, 20, para responder por acusações de distribuição de material obsceno.

Phillip Greaves, 47 anos, é autor e editor do livro "The Pedophile's Guide to Love and Pleasure: a Child-lover's Code of Conduct" ("O guia do pedófilo para o amor e o prazer: um código de conduta para o amante da criança"), que ele classifica como uma obra de autoajuda.

Greaves foi detido na sua casa, no Colorado, por ordem da Justiça da Flórida - Estado para onde ele havia enviado um exemplar, ao custo de 50 dólares, sem saber que o destinatário era um policial disfarçado.

Questionado por um jornalista a respeito das acusações, no momento em que chegava à prisão do condado Polk, em Bartow (Flórida), Greaves declarou: "Erradas".

O livro foi vendido até o mês passado no site Amazon.com, que o retirou devido a queixas sobre seu conteúdo.

O autor pode pegar cinco anos de prisão. "Ele criou esse livro especificamente para ensinar às pessoas como molestar sexualmente e estuprar crianças", disse Grady Judd, xerife do condado Polk, a jornalistas.

Tudo o que sabemos sobre:
LIVROFLORIDAPEDOFILIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.