Jotabê Medeiros;Estadão
Jotabê Medeiros;Estadão

Após suspense, Bob Dylan recebe prêmio Nobel de Literatura em Estocolmo

Cantor havia causado mal-estar após não se manifestar a respeito da condecoração

O Estado de S. Paulo

01 Abril 2017 | 19h11

Após seis meses de suspense, Bob Dylan recebeu finalmente, neste sábado, 1º, o prêmio Nobel de Literatura em Estocolmo. A cerimônia foi feita a portas fechadas e sem a cobertura da imprensa, a pedido do cantor. Apenas Dylan e os acadêmicos suecos estavam presentes. 

A entrega do prêmio foi confirmada hoje à noite por um dos integrantes da Academia, Horace Engadahl, à rede de televisão pública sueca SVT. No entanto, poucos detalhes foram dados sobre a cerimônia. Conforme a Academia, a reunião foi "pequena e íntima", sem a presença de qualquer meio de comunicação.

O cantor não fez o tradicional discurso de recepção, conhecido como "conferência do Nobel". "Não se pronunciará nenhuma conferência do Nobel. A Academia tem razões para pensar que será enviada uma versão gravada posteriormente", completou Sara Danius, secretária permanente da Academia Sueca. 

A Academia anunciou que Dylan era vencedor do Nobel de Literatura, por sua poesia, em 13 de outubro do ano passado. No entanto, o cantor permaneceu em silêncio e gerou um mal-estar com a entidade. Ele não havia ido à cerimônia de entrega realizada em dezembro por ter "compromissos anteriores".

* Com informações da AFP

Mais conteúdo sobre:
Bob DylanEstocolmoLiteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.