Divulgação
Divulgação

Aplicativo vai combinar livros e leitores na web

Book4You é lançado nesta quarta-feira à noite, 14, para o sistema Android e também em site na web

Guilherme Sobota, O Estado de S. Paulo

13 Dezembro 2016 | 19h56

Você não pode julgar um livro olhando para a capa - já cantava Bo Diddley em 1962. Agora, chega ao mercado editorial brasileiro um aplicativo que pode ajudar a resolver a questão. O Book4You funciona assim: sem ver o título ou a capa, o usuário lê a sinopse, e, se gostar, dá um “like” e o sistema o redireciona para uma das lojas online.

O aplicativo é lançado nesta quarta-feira à noite, 14, para o sistema Android, bem como o novo site (book4you.co/)- neles é possível encontrar listas temáticas com as sugestões de leitura (livros de 2016, sobre política, sobre conflitos armados, etc.). A versão para iOS deve chegar em dois meses.

A iniciativa é de Cassio Bartolomei da Silveira, que há quatro anos trabalha com os programas de afiliados na web - quando uma empresa de varejo, como a Amazon ou o Submarino, por exemplo, paga uma comissão para um site menor divulgar seus produtos. A familiaridade com o sistema e o desejo de entrar no mercado de livros levaram o ex-bancário à criação do Book4You. A startup também conta com Thiago Porto, profissional de TI com experiência no mercado editorial, e a jornalista do Estado Maria Fernanda Rodrigues.

Silveira explica que a startup entrou no programa de afiliados da Amazon e do Lomadee, plataforma que reúne as principais lojas online do País. “Nossa principal fonte de receita, por enquanto, é essa: quando o usuário do nosso site clica no link da loja e compra o produto, ganhamos uma comissão”, explica - outros modelos de negócio previstos são listas patrocinadas e a possibilidade de criar um produto para descobrir novos autores, por exemplo (atualmente, as listas têm curadoria da própria empresa). Uma das projeções é lançar o produto no mercado norte-americano em até 18 meses - a parceria com a MidStage Ventures deve facilitar a “exportação”.

Mais conteúdo sobre:
Android Amazon Submarino Silveira Literatura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.