Ali Smith e David Mitchell entre os finalistas do Man Booker Prize

A lista com os primeiros concorrentes da edição que gerou polêmica foi anunciada nesta quarta-feira

Maria Fernanda Rodrigues, O Estado de S. Paulo

23 de julho de 2014 | 13h46

O Man Booker Prize, um dos mais prestigiosos prêmios literários em língua inglesa, anunciou nesta quarta-feira a lista com os primeiros finalistas desta edição - que é a primeira a aceitar obras de autores de fora do Reino Unido e do Commonwealth, mas desde que escritas em inglês. 

A decisão gerou polêmica, com alguns autores defendendo um prêmio que não fizesse distinção de nacionalidade e outros defendendo a reserva de mercado. 

Entre eles estão Ali Smith, cujo livro finalista How to be Both está sendo lançado aqui com o título de Suíte em Quatro Movimentos (Companhia das Letras), Siri Hustvedt, David Nicholls, autor de Um Dia (Intrínseca), adaptado para o cinema, e Howard Jacobson, que já venceu o prêmio em 2010 com A Questão Finkler (Bertrand).

Eleanor Catton, que ganhou no ano passado com Os Luminares (Globo), é uma das atrações da Festa Literária Internacional de Paraty, que começa na próxima semana.

Confira a lista:

To Rise Again at a Decent Hour, de Joshua Ferris

The Narrow Road to the Deep North, de Richard Flanagan

We Are All Completely Beside Ourselves, de Karen Joy Fowler

The Blazing World, de Siri Hustvedt

J, de Howard Jacobson

The Wake, de Paul Kingsnorth

The Bone Clocks, de David Mitchell

The Lives of Others, de Neel Mukherjee

Us, de David Nicholls

The Dog, de Joseph O'Neill

Orfeo, de Richard Powers

How to be Both (Suíte em Quatro Movimentos), de Ali Smith

History of the Rain, de Niall Williams

Tudo o que sabemos sobre:
LiteraturaMan Booker Prize

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.