Reprodução / Google
Reprodução / Google

Alexandre Dumas: obras e biografia do autor de 'O Conde de Monte Cristo'

Escritor de 'Os Três Mosqueteiros' foi homenageado no Doodle do Google nesta sexta, 28; no passado, a escalação de um ator branco para viver Dumas, que é negro, no cinema, gerou críticas

André Carlos Zorzi, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2020 | 15h31

Alexandre Dumas, escritor francês que viveu entre 1802 e 1870, autor de obras como Os Três Mosqueteiros O Conde de Monte Cristo, foi homenageado no Doodle do Google nesta sexta-feira, 28. 

Ele também é frequentemente citado como Alexandre Dumas, o Pai, já que seu filho, de mesmo nome, também tornou-se escritor.



O número total de suas obras é incerto, mas especula-se que  gire em torno de 1.200 livros. Apenas o editor Michel Levy, por exemplo, publicou 301 das obras assinadas por Alexandre Dumas, incluindo 91 peças de teatro. É considerado o escritor francês mais lido do mundo.

Em São Paulo, o autor foi homenageado dando nome à Rua Alexandre Dumas, localizada na região de Santo Amaro, zona sul da Capital.


 

As obras de Alexandre Dumas


Ao longo de sua vida, o escritor publicou diversos livros:

 

  • O Conde de Monte Cristo. Retrata Edmond Dantes, jovem acusado de ser espião de Napoleão, que acaba sendo preso por vários anos e consegue fugir com auxílio de seu amigo, Abade Faria, em busca de vingança.
  • O Visconde de Bragelonne. É neste romance que surgiram diversas adaptações e inspirações em relação à história com O Homem da Máscara de Ferro.
  • Os Três Mosqueteiros. Possivelmente seu trabalho mais conhecido entre o público brasileiro, a história retrata o nobre Athos, o espirituoso Aramis, o fanfarrão Porthos e o jovem D'Artagnan.
  • Os Irmãos Corsos. A obra de Alexandre Dumas deu origem à novela Irmãos Corsos, com participação de Lima Duarte e Tony Ramos, que fez sucesso na TV Tupi em 1966.
  • A Tulipa Negra. A história passa-se na Holanda e traz o médico e cultivador de flores Cornélius Van Baerle, que acaba indo para a prisão, onde se apaixona pela filha de um dos guardas da carceragem.

 

Filmes inspirados nas obras de Alexandre Dumas


Diversos longas foram feitos inspirados nos livros do escritor francês. Entre alguns dos mais conhecidos, estão O Conde de Monte Cristo, lançado em 2002, protagonizado por Guy Pearce, Jim Caviezel e Richard Harris.


 


Os Três Mosqueteiros possui diversas versões. A mais recente delas que chamou atenção foi lançada em 2011, já rodado com tecnologia 3D, e com nomes como Milla Jovovich, Logan Lerman e Christopher Waltz no elenco.

O Homem da Máscara de Ferro foi lançado em 1998, estrelado por Leonardo DiCaprio e John Malkovich e Gérard Depardieu, entre outros nomes.

 

 

Negro, Alexandre Dumas já foi interpretado por ator branco no cinema


Em 2010, o ator Gérard Depardieu, branco, loiro e de olhos azuis, teve sua pele escurecida e usou uma peruca para interpretar Alexandre Dumas, que era negro, no filme L'Autre Dumas, de 2010. Ativistas do movimento negro consideraram a escolha como um "insulto", mas Frank Le Wita, produtor do longa, afirmou que a escolha se deu por conta da "vivacidade" de Depardieu.

Em vida, Alexandre Dumas referia à sua própria pessoa como "um negro" e era neto de um ex-escravo haitiano. Ele também era constantemente alvo de comentários ofensivos por conta de suas feições. Seu pai foi um general do Exército francês no século 19.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemalivroAlexandre Dumas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.