Mike Blake/Reuters - 20/9/2015
Mike Blake/Reuters - 20/9/2015

A longa espera dos fãs pelo livro 'Os Ventos do Inverno'

Enquanto George R.R. Martin não termina de escrever a obra, sexto volume de 'As Crônicas de Gelo e Fogo', que inspirou a série 'Game of Thrones', público se apega a qualquer notícia sobre a história

Choire Sicha Alan Yuhas, The New York Times

29 de junho de 2020 | 06h00

O inverno pode finalmente estar a caminho de Westeros. Mais cedo ou mais tarde. Ou não. Mas tudo o que os fãs de As Crônicas de Gelo e Fogo, a série de fantasia arrebatadora que inspirou o seriado da HBO, Game of Thrones, têm é a palavra de George R.R. Martin, seu criador.

Martin, de 71 anos, mora em Santa Fé, Novo México, e há anos ultrapassa os prazos para a entrega do manuscrito final de Os Ventos do Inverno, o sexto livro da série, que começou a ser publicada em 1996. Na quarta-feira, ele tuitou que “o isolamento forçado” da vida durante uma pandemia o estava ajudando a fazer “progresso constante” no livro.

Ele não disse quando os leitores poderiam dar uma olhada no material. “Eu terminei um novo capítulo ontem, outro três dias atrás, outro na semana anterior”, ele escreveu, terça-feira, dia 23, em uma atualização de seu blog, que foi compartilhada com o tuíte. “Mas não, isso não significa que o livro será finalizado amanhã ou publicado na próxima semana. Será um livro enorme e ainda tenho um longo caminho a percorrer.”

Ele também lamentou ter sido forçado a cancelar os planos de visitar a Nova Zelândia, mas disse que havia “definitivamente um lado bom nisso tudo”.

“A última coisa de que preciso agora é uma longa interrupção que possa me custar todo o ritmo que construí”, escreveu ele. “Posso visitar Wellington no próximo ano, quando espero que tanto a covid-19 quanto Os Ventos do Inverno terminem.”

Essa foi a única pista quanto aos planos de publicação. Ele pediu aos fãs que “não deem crédito a nenhum dos sites caçadores de cliques que gostam de analisar todas as palavras dos meus posts”, embora os fãs da série sejam bem conhecidos por fazer isso sozinhos.

David Moench, representante de Martin na Random House, se recusou a responder a perguntas a respeito do cronograma para o próximo livro.

“George R.R. Martin não está disponível para uma entrevista, pois está realmente focado em escrever Os Ventos do Inverno”, disse ele. “A Random House publicará esse livro quando ele for finalizado, independentemente de quando isso aconteça.”

No Reddit, os fãs do subreddit As Crônicas de Gelo e Fogo responderam ao anúncio com uma mistura de desespero, emoção e sugestões de enredo. “Isso não é uma boa notícia, mal pode ser considerado como uma notícia”, escreveu um fã. “Detesto ser negativo, mas as únicas postagens que quero ver são sobre um lançamento iminente”, escreveu outro.

Os fãs ansiosos dos livros se reúnem no subreddit há anos, compartilhando coletivamente suas esperanças e frustrações pela obra, observando cada atualização do blog e dissecando cada palavra do autor na tentativa de encontrar apenas mais uma migalha acerca do próximo livro. Martin também garantiu aos leitores que estava saudável “para um homem fora de forma de 71 anos”, deu algumas recomendações de autores – Stephen King, Emily St. John Mandel – e disse que ainda estava envolvido com a lenta produção de The House of the Dragon, sequência da HBO de Game of Thrones.

A Dança dos Dragões, o volume mais recente da série, foi publicado em 2011. A adaptação da HBO começou a ser exibida quase ao mesmo tempo, prolongando-se por oito anos e depois ultrapassando o que Martin já tinha escrito. Embora esse programa tenha atingido picos de audiência, quebrando os regulares recordes de audiência da HBO, terminou como derrota crítica para seus criadores.

Martin recusou os pedidos de entrevista do The New York Times este ano e sua equipe é cautelosa quanto ao seu tempo de escrita. Ele encontrou tempo nos últimos meses para comprar uma ferrovia com seus amigos. (Ele também é dono de um cinema em Santa Fé.)

Com uma possível data de entrega para 2021, isso tornaria o desenrolar dos livros um processo de três décadas.

Exceto que Os Ventos do Inverno não é o fim desta história. Deve haver mais um livro. / TRADUÇÃO DE ROMINA CÁCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.