Zeca Camargo volta a viajar pelo mundo

Urna. A correspondente da CNN International no Brasil, Shasta Darlington, estreia na bancada de entrevistadores do Roda Vida, nesta segunda-feira, quando o programa não terá entrevistado no centro e se empenhará em um debate sobre o resultado eleitoral.

O Estado de S.Paulo

25 de outubro de 2014 | 02h07

Urna 2. O Roda Viva chegou a cogitar a presença de Rui Falcão, presidente do PT, caso Dilma Rousseff ganhe as eleições, ou de Aloysio Nunes, e nesse caso novo vice-presidente, caso Aécio Neves (PSDB) saia vencedor. Mas acabou optando por debate.

Sabrina Sato há de relembrar seus dias do Pânico, quando circulava pelos bastidores do poder em Brasília. A apresentadora, agora na Record, tem viagem marcada para o Planalto Central em setembro, com previsão de alguns dias de gravação.

Show de Calouros. Alô, interessados em dublar famosos: o site GShow propõe que você grave um vídeo dublando Esse seu Jeito, canção feita por Pedro (João Vitti) para conquistar Karina (Isabella Santoni) em Malhação. Os eleitos vão participar do clipe da música.

O Multishow já renovou contrato de todo o elenco do Vai que Cola para a temporada de 2015, e negocia com Tatá Werneck sua participação em alguns episódios da terceira safra.

O Vai que Cola fez o Multishow subir quatro posições no ranking da TV por assinatura, desde que chegou à grade do canal. Para 2015, o problema maior será encontrar um novo espaço para as gravações, já que o antigo será destinado a treinamentos olímpicos.

O Arquivo N, da GloboNews, sobre Serra Pelada, foi contemplado com o ouro no prêmio Fiat/Ifta, da Federação Internacional de Arquivos de Televisão, na categoria Melhor Uso de Arquivo. A premiação ocorreu ontem, em Amsterdã, na Holanda.

Paulo Betti abandona ligeiramente os trejeitos de Téo Pereira, o blogueiro do mal da novela Império, para ir à feira com Angélica, no Rio. Não a qualquer feira, diga-se: o ator mostra onde semanalmente faz suas compras de orgânicos e dá dicas sobre saudáveis.

Com função de apresentador esvaziada desde a chegada de Otaviano Costa ao Vídeo Show, Zeca Camargo volta a fazer o que mais gosta: viajar. Agora, vai mostrar programas de televisão que façam sucesso em outros cantos do mapa. Coreia do Sul, India, Tailândia e Suécia serão os primeiros de uma série de 10 países a serem visitados em 40 dias. O roteiro foi definido ontem, entre ele e o diretor Ricardo Waddington. O embarque está previsto para novembro e ele vai ancorar o Vídeo Show diretamente de cada um desses países. A ideia também é traçar um panorama das áreas de entretenimento e dramaturgia mundo afora.

Às compras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.