Zapping apresenta coleção pop rica em referências

"Adorei o styling. Adorei!", vibrou Penélope, VJ da MTV, após o desfile da Zapping, penúltimo do 4.º dia do SPFW - e a grande festa da noite. "Adoro essas referências todas, que, na verdade, vão mais para esse lado paraguaio: essa coisa da fronteira. Tudo isso fica ótimo com esses tecidos orientais, fantásticos!"O pop atrai o pop. Se Penélope adora, não é por menos. A coleção é ultra pop, pensada por uma estilista ex-Cavalera (uma das mais pops da moda jovem), Thaís Losso. E o pop só existe se ele inventa graça, reutiliza signos marcantes das culturas e põe tudo no mesmo caldeirão, sem medo do isso que vai dar. A moda "made in" China by Rua 25 de Março reinventou, por exemplo, as bermudas tipo surfista com tecidos acetinados e estamparias chinesas, em tons de vermelho (o tradicional) e um rosa elétrico (veja só!). E os motivos orientais, os cacarecos, os eletrônicos fajutos ganharam leitura criativa e cheia de misturas incríveis, visíveis nos vestidinhos, coletinhos e até mesmo os jeans. Muito aplique, muita diversidade de cores e combinações. O melhor do pop neste dia. Mas a diversão não foi apenas contemplativa. Além da muvuca na entrada (que dava medo), esse parque de diversões fashion contou com um anão vestido de robô para começar a animar a festa e terminou com todos os modelos conduzindo aquela famosa fantasia gingante, a do dragão chinês. E até quem trabalhava pôde se divertir, ao menos, um pouquinho. Veja Galeria

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.