Xuxa ganha disputa na internet

A apresentadora de televisão Xuxa ganhou uma disputa internacional sobre o registro de seu site na internet. A atriz abriu um caso contra autores de um endereço na rede mundial de computadores que levava seu nome, mas era usado para vender artigos, pacotes de viagem e outros serviços. Os responsáveis pelo site, que moram em Valência na Espanha, registraram na Internet o endereço www.xuxameneghel.com sem a autorização da apresentadora.O caso acabou nas cortes da Organização Mundial de Propriedade Intelectual, com base em Genebra. O procedimento foi iniciado em janeiro e, segundo o tribunal, os acusados não deram uma resposta convincente do motivo que teriam tido para abrir um site com tal nome.Quarta-feira, depois de meses de discussões, o tribunal da entidade decidiu exigir que a autora do site, Adriane da Silva, entregasse o registro na internet à atriz brasileira.Segundo a decisão da Corte, os autores do site exploravam a fama de Xuxa de forma injusta para obter ganhos comerciais. A apresentadora ainda provou que o nome Xuxa Meneghel está registrado como uma marca no Instituto Brasileiro de Propriedade Industrial.A Corte em Genebra está já acostumada a lidar com casos como o de Xuxa. Nos últimos anos, cantores e artistas como Madonna, Robbie Williams, Jimi Hendrix, Sting, Bruce Springsteen e Celine Dion, além do jogador Ronaldinho Gaúcho, tiveram seus nomes usados em sites na internet e apelaram aos juízes em Genebra por uma solução.

Agencia Estado,

13 de abril de 2006 | 01h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.