Warner demite Charlie Sheen

O estúdio Warner Bros. anunciou anteontem em comunicado a demissão imediata de Charlie Sheen como protagonista da série Two and a Half Men, cuja última temporada foi recentemente cancelada por causa dos problemas do ator com álcool e drogas. Sheen é o ator mais bem pago da televisão americana. Para a Warner, ele cometeu "uma infração grave" ao fazer ofensas "imorais" contra o criador da série, Chuck Lorre, a quem chamou de "charlatão" e "um estúpido pequeno homem". O ator confirmou que recebeu a notificação de sua demissão por "uma mensagem de texto ou algo do tipo" e qualificou os executivos da Warner de "baratas amarelas".

Efe, O Estado de S.Paulo

09 de março de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.