Walter Rodrigues deixa a festa de lado no Fashion Rio

Coleção trouxe saias, macacões, calças em sobreposições, inspirados nas "linhas puras e simples" de uniformes

Clarissa Thomé, de O Estado de S. Paulo,

09 de junho de 2009 | 17h45

Walter Rodrigues abriu o quarto dias de desfiles do Fashion Rio e pela primeira vez não apresentou seus vestidos de festa.

 

  

Top apresenta coleção verão no Píer Mauá, zona portuária do Rio. Foto: Marcos D'Paula/AE

 

Sua coleção trouxe saias, macacões, calças em sobreposições, inspirados nas "linhas puras e simples" de uniformes. "A roupa deve completar e não aparecer mais do que quem as usa", escreveu no material de divulgação.

 

Walter Rodrigues e suas modelos com nova proposta no Fashion Rio. Foto: Marcos D'Paula/AE

 

Branco, preto e amarelo foram as cores escolhidas por Rodrigues. Para quebrar a monotonia, bandagem estampada com flores. O estilista fez camisas brancas em laise, mas com cortes criativos - costas nuas, golas grandes -, vestidos bicolores ou tricolores em mesh sport (transparentes) sobre regata em malha, além de vestidos e tops drapeados.

 

Nos pés, as modelos calçaram sandálias Eco Shoes, feitas de sobras de tecido, aparas de couro e de materiais inusitados, como pastilha de pó de chifre. Walter explicou que a vontade de fugir da moda festa surgiu depois que abriu seu showroom em São Paulo. As roupas em alfaiataria tiveram boa saída e pela primeira vez viu suas peças sendo usadas mais de uma vez.

 

Branco, preto e amarelo, na cartela de cores de Walter Rodrigues. Foto: Marcos D'Paula/AE

 

Quis, então, fazer uma moda confortável - e elegante. Ainda hoje desfilam Sta Ephigênia, Alessa, Lenny, Giulia Borges e Tessuti.

Tudo o que sabemos sobre:
Walter RodriguesFashion Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.