Imagem Luis Fernando Verissimo
Colunista
Luis Fernando Verissimo
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Vurska

Bom dia! Eu sou Mirthes Sayão e este é o programa Cozinhando com Mirthes, nosso encontro gastronômico de todas as manhãs. Ao meu lado, como vocês podem ver, e como todos os dias, a Isaltina , que está comigo desde que eu nasci (praticamente, não é Isaltina?) e que é meu braço direito, minha ajudante, minha... O que é isso, Isaltina?! Você escorregou? Gente, a Isaltina escorregou e caiu no... Dá para se levantar sozinha, Isaltina? Por favor, alguém da produção pode... Isso. Obrigada. Você está bem, Isaltina? Não me assuste dessa maneira outra vez. Então vamos lá.

Luis Fernando Verissimo, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2014 | 02h11

Gente. Nosso prato de hoje é uma especialidade russa, uma sopa fria chamada vurska. Sim, uma sopa fria. Ela é tomada na Rússia no verão, que, como se sabe, na Rússia dura só uma semana. Aliás, os russos chamam a semana de verão de "vurskaya", justamente: a semana de tomar vurska. Você sabia isso, Isaltina? Isaltina... Preste atenção. Você está bem? Então. Os ingredientes da vurska tradicional são: batata, cebola, nabo, repolho, salsa, alho e...e... Estou esquecendo uma coisa. Ah, leite de cabra azedo. Eu não estou vendo aqui o leite de cabra, Isaltina. Derramou no chão? Foi no leite de cabra que você escorregou, Isaltina? Não? Bom. Depois a gente vê o leite de cabra azedo.

Mas hoje, minhas amigas, nós não vamos fazer a vurska tradicional. Vamos acrescentar um ingrediente especial, que eu só vou revelar qual é mais tarde. Suspense! Isaltina, onde você vai? Fique aqui do meu lado. A Isaltina, hoje, não sei não, hein amigas? O que é que você tem, Isaltina? Acho que ela está namorando, gente. Mas a Isaltina já é avó, não é, Isaltina? Eu já contei que ela está com a nossa família desde que eu era pequititinha, que era como ela me chamava? Deste tamanho? E olha, se há alguém de quem se pode dizer que tem a alma branca é ela, viu? Quando ela casou, minha mãe deixou ela levar o marido para a nossa casa. Infelizmente, ele não era boa coisa. Nos roubou. Nunca ficou provado, mas estava na cara que foi ele que roubou os tacos de golfe da mamãe. Papai forçou a Isaltina a se separar dele.

Mas isso tudo é história antiga. Vamos à vurska. Eu sei que muitas de vocês devem estar se perguntado: será que a vurska não pode ser servida quente, para ser tomada durante todo o ano? Pode, mas há sempre o risco de ela explodir no fogo e queimar suas sobrancelhas. Na Rússia, quem não tem sobrancelhas é chamado de "vurskapupetien", ou, numa tradução livre, "um que brincou com a vurska". Isaltina, aproveite que você já está com a faca na mão e comece a picar a cebola e o alho enquanto eu... Isaltina, essa faca é muito grande. Pegue uma menor. E agora, minhas amigas, atenção. Vou revelar o ingrediente secreto da nossa vurska. É vodka! E aqui está a garrafa de vodka...ué, vazia. Isaltina, onde está a vodka? Você bebeu a vodka toda, Isaltina? E o que você vai fazer com essa faca? Isaltina, pare. Isaltina, nós estamos no ar. Isaltina...EU SOU SUA PEQUITITINHA!

Tudo o que sabemos sobre:
Luis Fernando Verissimo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.