Volta a Viena tela roubada de Schiele

VISUAIS

AFP, O Estado de S.Paulo

24 de agosto de 2010 | 00h00

O quadro Retrato de Wally, do austríaco Egon Schiele (1890- 1918), que havia sido roubado de uma galerista judia durante o período do nazismo, retornou ao museu Leopold de Viena, na Áustria, depois de 12 anos de ausência. Para recuperar a obra, o museu havia aceitado, em julho, pagar US$ 19 milhões aos herdeiros de Lea Bondi, uma galerista judia de Viena que havia vendido o quadro a um colecionador nazista após ser obrigada, em 1938.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.