Viúva de Borges escreve memórias

A viúva de Jorge Luis Borges, María Kodama, revelou estar escrevendo um livro de memórias para passar a limpo "tudo o que muita gente escreveu e inventou" sobre a obra do escritor argentino. María confirmou que as memórias têm o intuito de ser um "acerto de contas" com todos os detratores do escritor argentino. Ela não quis entrar em detalhes sobre quais críticos estaria escrevendo, mas disse que estava muito decepcionada e chegou a ter uma "grande depressão" por tudo o que foi inventado. Revelou, no entanto, que seu livro analisará como a Biblioteca Nacional da Argentina foi um tema recorrente na obra de Borges. / EFE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.