Vittorio Gassman morre aos 77 anos

Vittorio Gassman, um dos maiores atores italianos do cinema e do teatro, morreu hoje de enfarte aos 77 anos. De acordo com as agências de notícias italianas, Gassman morreu em sua casa em Roma. Ele interpretou diversos heróis egocêntricos no início de sua carreira, quando sua reputação no exterior permanecia limitada e apoiava-se principalmente em sucessos como Bitter Rice, embora tenha mais tarde feito sucesso em comédias. No início da década de 50 ele foi para Hollywood, onde participou de filmes como Bonita mas Perigosa e Guerra e Paz e casou-se com a atriz norte-americana Shelley Winters. O casamento acabou em divórcio. No final da mesma década, iniciou uma nova fase em sua carreira. Gassman descobriu seu talento cômico em dois clássicos do cinema italiano como O Incrível Exército de Brancaleone (1959). Sua carreira atingiu o auge no filme Perfume de Mulher (1975), quando interpretou um cego. Al Pacino estrelou um remake feito por Hollywood. O amor de Gassman pelo teatro o levou de volta ao palco sempre que possível. Ele fundou uma companhia teatral mambembe e dirigiu uma escola de artes dramáticas. Sua última aparição pública foi em um show ao lado do tenor Luciano Pavarotti.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.