Vista do mar

Não faltam ao Rio de Janeiro belas paisagens e lugares para contemplá-los. Mas a vista que bate todas, a mãe de todas as vistas, é a vista para o mar. Apartamentos com vista para o mar são disputados, no Rio, por quem pode comprar ou alugá-los. Às vezes só o que o apartamento tem é a vista para o mar - que, claro, é destacada por quem o está vendendo ou alugando.

VERISSIMO, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2012 | 03h11

- Olha só que vistão.

- Uma beleza... Mas quantos quartos tem o apartamento?

- Quartos?

- É. No anuncio só dizia "vista para o mar" e mais nada.

- Tem um quarto. Mas olha que vista.

- Onde fica?

- A vista?

- O quarto.

- Você está nele.

- Mas aqui não é a sala?

- É a sala e o quarto. Mas olha que vista.

- Não tem cozinha?

- A cozinha é junto com o banheiro.

- Cozinha e banheiro, juntos?!

- Mas olha que vista!

***

Depois da quarta queda, com morte, da mesma janela, a polícia não está mais perto de esclarecer o mistério. Quatro quedas da mesma janela, num curto espaço de tempo? Suicídio não pode ser. Quatro pessoas se atirando pela mesma janela, sem deixar bilhete, uma atrás da outra? Improvável. Impossível.

O primeiro a ser interrogado é o dono do apartamento, e a primeira suspeita a seu respeito é: orgias. Festas loucas, com muito álcool, muita droga, muito sexo, culminando com alguém sendo jogado pela janela. Ou então, outra tese: ritos de magia negra, com os possuídos pelo Demônio mergulhando para a morte pela janela, entre gritos selvagens dos demais.

- Vamos, confesse. O que acontecia no seu apartamento? Como eram os rituais macabros?

- Eu não sei de nada. O apartamento está à venda. Eu nunca vou lá. Só quem vai é um corretor, para mostrar aos possíveis compradores.

O corretor não resiste ao interrogatório e confessa. Estava, sim, no apartamento quando as pessoas caíram pela janela. Estavam todas esticando o pescoço para enxergar um pedaço da vista do mar prometida no anúncio. Mas o corretor não se sentia culpado.

- Eu dizia: não se debrucem! Não se debrucem!

Se havia um culpado das mortes era a vista para o mar. Que prendessem a vista para o mar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.