Violoncelista Steven Isserlis faz recital em São Paulo

Quando não está sobre os principais palcos do mundo, o violoncelista britânico Steven Isserlis se diverte escrevendo. Já lançou, por exemplo, dois livros infantojuvenis, consequência natural de outro de seus prazeres: fazer apresentações para crianças. "É sempre uma experiência nova", ele conta. "Porque não se trata só de tocar, de escolher um repertório adequado, mas, sim, de conversar com as crianças e ouvir o que elas têm a nos dizer."

AE, Agência Estado

19 de setembro de 2012 | 10h05

Isserlis está no Brasil, onde nesta quarta-feira faz concerto na Sala São Paulo pela temporada da TUCCA, associação que cuida de crianças e adolescentes com câncer. Acompanhado da pianista Connie Shih, vai interpretar as "Doze Variações sobre Ein Mädchen Oder Weibchen", de Beethoven, a "Sonata para Violoncelo nº1", de Saint-Säens, e a "Sonata para Violoncelo", de Benjamin Britten.

Isserlis nasceu em 1958, em Londres, cidade na qual seu avô, também músico, instalou-se após fugir da Rússia nos anos 20. Sua mãe era pianista, seu pai, músico amador. Aos 14 anos, começou a estudar na Escócia com a professora Jane Cowan, cujo método ia além da técnica e Isserlis define como "holístico". Antes de tocar Beethoven, por exemplo, os alunos a ouviam ler Goethe - da mesma forma que obras de Debussy ou Fauré só ganhavam corpo com a compreensão do idioma francês, em sessões de leituras de autores como Racine.

Sobre o programa que ele interpreta em São Paulo, Isserlis diz ter tentado escolher "peças populares que fossem também obras-primas". "Há algo de muito charmoso nas Variações de Beethoven", explica. "E o Britten é, para mim, um clássico indiscutível do século 20. Tem duas qualidades: é música incrível, que tem momentos mágicos, que atingem diretamente as plateias. Isso para não falar na maneira como ele combina as principais qualidades do piano e do violoncelo". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

STEVEN ISSERLIS

Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, s/nº, Campos Elísios). Tel. (011) 3223-3966. Quarta, às 21 h. De R$ 70 a R$ 150.

Tudo o que sabemos sobre:
músicaSteven Isserlis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.