Violão de Gil estava entre material roubado

Os cenários, figurinos, equipamentos e instrumentos do show Noites do Norte, de Caetano Veloso, foram roubados hoje de manhã, quando seguiam em um caminhão de Caxias para o Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, onde seriam embarcados para Fortaleza. O assalto aconteceu na Avenida Brasil e os ladrões aproveitaram o engarrafamento da hora do rush. Segundo a assessoria do compositor, o prejuízo é de cerca de R$ 200 mil, mas o espetáculo, marcado para amanhã à noite, não será cancelado.O proprietário do caminhão, Antônio Raimundo, que presta serviço para outros artistas como Gilberto Gil e Djavan, contou que o veículo deixou o depósito em Vila São Luiz, bairro de Caxias, município da Baixada Fluminense, por volta de 7 horas, pois o material deveria ser embarcado às 8h45m pela Transbrasil. Ao chegar em Cordovil, em frente à fábrica White Martins, o motorista José Carlos Ferreira de Lima, foi rendido por um homem armado que tinha cobertura de outro que dirigia um Fiat Uno."Ele mandou entrar em uma rua menos movimentada e, depois de saber que a carga era material para um show avisou que ia ver se interessava e telefonar para dizer onde deixaria o caminhão. Mandou o motorista descer e foi com ele até a estação de trem de Cordovil, que fica perto", contou Raimundo. O caminhão foi encontrado pouco antes das 11 horas, sem nada dentro. Segundo Raimundo,o delegado disse que não deve ser difícil encontrar o material roubado, pois tendo um uso muito específico, não tem grande valor de venda. Entre o material roubado, estão um violão japonês da marca Freimer, que Gilberto Gil havia emprestado para Caetano usar no show; figurinos de Felipe Velloso e cenários de Hélio Eichbauer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.