Vilões serão punidos no final de "Da Cor do Pecado"

Vilão bom, em novela, é vilão morto. E vai ser preciso Bárbara (Giovanna Antonelli) morrer para Da Cor do Pecado terminar em final feliz, pelo menos para o núcleo do bem. Nesta semana ela já começa a enlouquecer e sai correndo de camisola pela rua. Hoje, ela vai pensar que Paco (Reynaldo Gianecchini) voltou do além para infernizar sua vida e terá alucinações. No final, a vilã atira no malvado Tony (Guilherme Weber) e se joga de um penhasco, para felicidade de Preta (Taís Araújo). Antes, ela pede desculpas a Paco por ter estragado sua vida e admite que só morta irá deixá-lo em paz. O final feliz do casal Preta e Paco, que sai viajando de barco pela Terra do Fogo, na Argentina, será narrado por Raí (Sérgio Malheiros), que finalmente aceita o pai, que o regatou de um seqüestro planejado por Tony. O garoto irá ganhar um irmãozinho, Afonso (em homenagem ao avô), e, a princípio, sentirá ciúme do menino, mas logo vai se acostumar a dividir as atenções. No clã Sardinha, a matriarca Edilásia (Rosi Campos) aceita o pedido de casamento de Frazão (Sidney Magal) e pede para passar a lua de mel na Polinésia, mesmo lugar onde seus filhos costumam mentir que foi assassinada a ex-mulher de Frazão. Além de Afonso, ela ganhará mais três netinhos. Tina (Karina Bacchi) dará à luz trigêmeos. Thor (Cauã Reymond), Dionísio (Pedro Neschling) e Abelardo (Caio Blat) se identificam com cada um dos três bebês. O médium Helinho (Matheus Nachtergaele) também terá seu final feliz. Depois de ficar sem Zuleide (Vanessa Gerbelli), ele conhece uma linda mulher (interpretada por Cláudia Ohana) e reconhece o espírito de Zuleide encarnado nela. Os dois terminam juntos. O casal Verinha (Maitê Proença) e Edu (Ney Latorraca) não acaba como planejaram. Junto com Beki(Graziela Moretto) eles dão o golpe no conde (Octavio Mendes), e conseguem transformar ela e Beto (Roger Gobeth) em seus empregados. Mas o casal reverte o jogo. No final, Verinha e Edu, que tentaram ficar ricos a trama toda, acabam trabalhando como faxineiro e ascensorista, mas não deixam de ser trambiqueiros. Continuam batendo carteira dos ricaços.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.