Vestidos de Elizabeth II são expostos em Buckingham

A maior coleção de vestidos usados por Elizabeth II durante seu reinado será exposta ao público esta semana no palácio de Buckingham, no centro de Londres. A mostra, intitulada Vestido para a Ocasião (Dress for the Ocasion), inclui algumas das peças que a rainha usou na adolescência, assim como o famoso modelito feito por Norman Hartnell na década de 1940, de veludo preto e cetim, que ela vestiu antes de seu casamento com o príncipe Felipe de Edimburgo. A exposição, organizada pela especialista Caroline de Guitaut, será um passeio pela moda real durante 80 anos. A coleção incluirá 80 vestidos reais, um para cada ano de vida da rainha, que em 2006 festejou seu octogésimo aniversário. Os vestidos serão agrupados em várias cores: rosados, fúcsia, limão, açafrão, água-marinha, jade, esmeralda, azul, cobalto, branco, creme e dourado. Muitos mostram a obsessão da rainha pelos trajes ajustados na cintura e de desenho elegante, com decotes recatados, mas muito elaborados. Tudo começa com os toques convencionais das décadas de 1940 e 1950, passando pelos modelos mais justos ao corpo e de linhas retas dos anos 60 e 70, pelos vestidos geométricos e coloridos dos anos 80 e 90, e também por aqueles mais tradicionais e elaborados. Também serão expostas suas jóias pessoais, incluindo braceletes de ouro e diamantes e um broche feito por Frédéric Boucheron em 1952, que lhe foi dado por Felipe, para celebrar seu quinto aniversário de casamento. A exposição marca o começo das visitas públicas ao Palácio de Buckingham e será a maior exposição já realizada dentro de uma das residências oficiais de Elizabeth II. A mostra estará aberta ao público a partir desta quarta-feira, até o dia 24 de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.