Vestido de Audrey Hepburn ajuda construção de 15 escolas

Os mais de ? 692 mil (cerca de R$ 2 milhões) arrecadados em um leilão com a venda do elegante vestido preto que a atriz Audrey Hepburn usou no filme Bonequinha de Luxo (Breakfast at Tiffany´s) (1961) serão utilizados na construção de 15 novos centros educativos nas regiões mais pobres da Índia, informou hoje a casa responsável pela venda pública.O vestido, leiloado em 5 de dezembro de 2006, na sede londrina da Christie´s, pertencia ao escritor francês Dominique Lapièrre e a sua mulher, que em 1981 fundaram a ONG Cidade da Alegria, responsável pelo projeto de construção de escolas na Índia.O primeiro centro, onde as crianças aprenderão inglês e a usar computadores e equipamentos audiovisuais, será inaugurado em 28 de fevereiro, na aldeia de Lakshikautapur, no coração da região de Bengala.Além disso, a ONG, que recebe dinheiro dos direitos autorais de Lapièrre e doações particulares, pagará às famílias das crianças matriculadas no centro US$ 1 por cada dia de aula freqüentado, o mesmo valor que, em média, os menores levariam para casa se ficassem na rua.Antes de ser doado à ONG do casal Lapièrre, o famoso vestido do filme Bonequinha de Luxo pertencia a quem o desenhou, o estilista Hubert de Givenchy.Na primeira seqüência do filme, Audrey Hepburn, vestida com o elegante modelo, sai de um táxi na Quinta Avenida de Nova York, olha pela vitrine da joalheria Tiffany´s e começa a tomar o café da manhã que traz num saco de papel marrom.Na foto do cartaz do filme, Hepburn, que morreu em 1993, aos 63 anos, aparece com o vestido, luvas pretas e pérolas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.