Verdade absoluta

Marte e Urano em quadratura, Mercúrio e Plutão em conjunção; a Lua míngua em Escorpião.

Quiroga, O Estado de S.Paulo

03 de dezembro de 2010 | 00h00

Verdade? Qual é a verdade?, relativizou Pôncio Pilatos quando o Cristo encarnado lhe disse que estava aí como arauto da Verdade. Ainda ressoam hoje em dia todos os Pôncios Pilatos da vida que circulam por aí relativizando verdades nobres e eternas para legitimar os erros que perpetram de forma sistemática. Há uma só verdade absoluta que rege a evolução de nossa humanidade e vem abrindo passagem através de todos os heróis e heroínas que se sacrificam por ela: nós, humanos, devemos ser livres para escolher e pelo poder da liberdade empreender a ação certa. O que atentar contra a liberdade, seja de forma escancarada ou simulada, oculta em seu ventre a tirania, a destruição do que torna nossa humanidade digna de existir entre o céu e a Terra.

ÁRIES 21-3 a 20-4

Os riscos que você assumiu no passado e a alegre perseverança no caminho escolhido começam, a partir de agora, a dar seus legítimos frutos. Será tentador dormir sobre esses louros conquistados, mas será melhor não fazê-lo.

TOURO 21-4 a 20-5

Cultivar expectativas é um vício da mente. Enquanto isso, o coração determina que você encontre sua paz e vigor no ato de empreender a ação correta, sem importar-se demais com a qualidade dos resultados.

GÊMEOS 21-5 a 20-6

Liberte-se de medos e pensamentos miseráveis, você merece muito mais do que reduzir-se ao tamanho de um ser assustado e cheio de ansiedade. Ninguém salvará você, esta é uma atitude que cada alma deve tomar por si.

CÂNCER 21-6 a 21-7

Entre a frieza e a espontânea alegria anda sua alma por aí. Nunca será possível prever o momento em que um estado de ânimo se transforma no outro, mas será necessário você estar consciente da alternância.

LEÃO 22-7 a 22-8

Entre em contato com a verdade do seu coração, uma voz tênue e íntima que se encontra disponível para guiar seus passos e conduzir sua alma do irreal ao real, da ignorância à verdade, do sofrimento à felicidade.

VIRGEM 23-8 a 22-9

Satisfazer desejos mantém a alma cheia de vida e capaz de contrariar as agruras. Porém, esses desejos também trazem o oposto em seu ventre. Por isso, viver satisfazendo desejos é, também, correr atrás do prejuízo.

LIBRA 23-9 a 22-10

Reconheça a possibilidade de diminuir suas exigências para se tornar possível haver acordo entre as partes. Você não perderá nada fazendo essas concessões e, talvez, com elas você conquiste algum novo amigo.

ESCORPIÃO 23-10 a 21-11

Uma boa dose de desconforto está envolvida no progresso. Perante essa realidade, a mente começa a especular com argumentos preguiçosos que pintam um panorama que beira a impossibilidade de superá-lo.

SAGITÁRIO 22-11 a 21-12

A espontaneidade revela o espírito e, por isso, é sagrada. Às vezes você questionará essa espontaneidade, já que atentará contra os planos postos em marcha, ficando sua alma com o ônus de decidir o que é melhor fazer.

CAPRICÓRNIO 22-12 a 20-1

Dê o primeiro passo para resolver a discórdia, porque esperar que as pessoas conquistem esclarecimento por si sós seria esperar demais delas. Resolver a discórdia é fundamental para o bem da maioria.

AQUÁRIO 21-1 a 19-2

No mundo humano, tudo é uma escolha. Por isso mesmo é de fundamental importância lutar para que a liberdade seja promovida e preservada, de modo que as futuras gerações sejam ainda mais livres do que as nossas.

PEIXES 20-2 a 20-3

A paz é destinada a ser momentânea, mas o estado de guerra permanente. Você não deve escolher entre a guerra e a paz, mas entre uma guerra justa e outra injusta, a que traz evolução e a que produz violência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.