Ventoforte celebra 28 anos com feira cultural

O diretor de teatro Ilo Krugli, fundador do teatro Ventoforte, está realizando o sonho de comemorar os 28 anos do grupo com uma feira cultural e artística. Vento Sopra Vento é o título do evento, que começa no domingo, ocupando todos os domingos de maio, com exposições, apresentações de espetáculos e musicais, oficinas, artesanato e animações culturais. A realização do evento foi patrocinada pelo Prêmio Teatro Cidadão, da Secretaria Municipal de Cultura. Ocorrerá nas dependências da sede do grupo: 4 mil metros quadrados de área verde e construída, no Itaim Bibi."A feira é um projeto antigo do Ventoforte", diz o fundador do grupo, nascido na Argentina e naturalizado brasileiro. "Nossa preocupação é renovar as condições de comunicação com a população, não só visando à formação de público, como a de professores e atores", afirma. Uma das atrações permanentes da feira será a Mostra de Objetos e da Arte Gráfica do Ventoforte. Trata-se da exposição dos objetos cenográficos de peças que marcaram época, como História de Lenços e Ventos (1974), Mistério das Nove Luas (1977) e As Quatro Chaves (1983), além de cartazes e programas dos espetáculos. O último será apresentado aos sábados e domingos de maio, às 16 horas. Em cena, Krugli celebra ritos de vida, de morte e renascimento, inspirado em autos populares.Além dos espetáculos do Ventoforte, foram convidados grupos para apresentarem suas peças (Macário, de Álvares de Azevedo, com direção de Marcello Airoldi, Cupuaçu, espetáculo de dança folclórica maranhense, e Moda de Viola, show com o tocador e contador de histórias Paulo Freire são algumas das atrações de fora). O escritor Victor Hugo terá seu bicentenário de nascimento comemorado por integrantes do Ventoforte. Haverá dramatizações de trechos de romances célebres, como Os Miseráveis e O Corcunda de Notre Dame. A feira se completa com oficinas, barracas de artesanato e de quitutes e atrações itinerantes, como uma banda musical que passeia pelo espaço.O Ventoforte nasceu em 1974, no Rio de Janeiro. Pelas próprias circunstâncias políticas da época e pela trajetória pessoal de Ilo Krugli, recém-chegado do Chile, que acabava de mergulhar na ditadura, o grupo enveredou pelos caminhos de um teatro de resistência, evocando em suas temáticas teatrais as realidades cruéis, que tangem tanto adultos quanto crianças. Daí que o tema da liberdade foi sempre uma bandeira do grupo. "Mas nunca utilizado como panfleto, mas como metáfora poética", ilustra o diretor. Lenços e Ventos, História de um Barquinho e As Quatro Chaves são apenas alguns exemplos dessa opção temática. O grupo está em São Paulo desde 1985.São mais de 40 prêmios adquiridos ao longo dessas quase três décadas. Também foram dezenas de viagens por países da América Latina, Europa e Estados Unidos. Há realmente um vento que sempre sopra a favor desse grupo de resistência: sempre com dificuldades de manutenção do espaço, cedido pela Caixa Econômica Federal, Krugli diz que o Prêmio Cidadão veio em boa hora. "Além da feira, poderemos utilizar a verba para reparação dos telhados e melhoria das condições do espaço."Feira de Teatro Vento Sopra Vento. Domingos, das 10 às 18 horas, barracas de artesanato, livros, brinquedos etc; mostra de objetos, cartazes e programas produzidos pelo grupo em sua trajetória; Oficina de Fazer Coisas, com pintura, desenho, criação de objetos e brinquedos; leituras dramatizadas de textos de Victor Hugo; das 13 às 13h30 e das 15h30 às 16 horas, Cine Sopra Vento, com exibição de curtas-metragens e animações para crianças e adultos; das 14 às 18 horas, Contadores de Histórias de Victor Hugo; neste domingo, das 11 às 12 horas, o espetáculo Rio que Vem de Longe. De Ilo Krugli; neste domingo, das 14 às 15h30, Cupuaçu, danças do folclore maranhense. Direção Tião Carvalho; sábado e domingo, às 16h30, até o final do evento, Mistério das Nove Luas. De Ilo Krugli. R$ 5,00. Teatro Ventoforte. Rua Brigadeiro Haroldo Veloso, 150, tel. 3078-1072. Até 26/5. A partir de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.