Veneza homenageia Burton e vê um de seus clássicos em 3-D

Organizadores de festival descrevem Burton como um dos 'cineastas mais corajosos, visionários e inovadores'

Silvia Aloisi, da Reuters,

07 de setembro de 2005 | 13h21

O diretor de cinema norte-americano Tim Burton, rei dos contos de fada macabros como A Fantástica Fábrica de Chocolate, A Noiva Cadáver e Edward Mãos de Tesoura, recebeu um prêmio pelo conjunto de sua obra no Festival de Veneza, nesta quarta-feira, 5.Os organizadores do festival, cuja 64.ª edição vai até o dia 8 de setembro, descreveram Burton como um dos "cineastas norte-americanos mais corajosos, visionários e inovadores". "Esta cidade é como o próprio cinema. Isso é realmente muito especial para mim", afirmou Burton, exibindo os tradicionais óculos escuros e os cabelos espetados, em uma entrevista coletiva realizada antes da cerimônia da entrega do prêmio, ocorrida mais tarde.Burton aproveitou para brincar com a estatueta do Oscar, que nunca conquistou e para a qual foi indicado uma vez, dizendo que a aparência do troféu de Veneza "é muito mais bonita do que a daquele homem careca e pelado".O diretor mistura sucessos de crítica, entre os quais produções como a arrepiante animação A Noiva Cadáver, com filmes de grande vendagem, responsáveis por fazer dele um dos nomes de peso de Hollywood."A Noiva Cadáver foi recebida da forma que a gente deseja ver um filme ser recebido. Não com base no mercado, não com base na bilheteria, mas com base em uma resposta pura", afirmou, relembrando a première do filme em Veneza, em 2005.Naquele mesmo ano, ele também filmou A Fantástica Fábrica de Chocolate, com o ator Johnny Depp, frequente colega de produções. O filme atraiu 475 milhões de dólares de bilheterias em todo o mundo. Batman, dirigido por Burton mais de 16 anos atrás, arrecadou 411 milhões de dólares, segundo o site Box Office Mojo.Esta quarta-feira vinha sendo descrita como o "Dia de Tim Burton". Nesse mesmo dia, a versão em 3-D do filme O Estranho Mundo de Jack, uma outra animação que se passa na Halloweentown, teve sua estréia mundial.Sweeney ToddTambém foram exibidas algumas cenas do projeto atual de Burton, Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street (Sweeney Todd: o barbeiro demoníaco da rua Fleet), uma adaptação de um musical de sucesso de Stephen Sondheim. Mais uma vez, Burton contará com a participarão de Depp, agora na pele do barbeiro que recorre à violência para se vingar depois de ter sido preso injustamente.Do filme, participa também Helena Bonham Carter, mulher de Burton e que participou de várias outras produções dele. O casal tem um filho e a atriz está grávida de um segundo.As histórias sombrias, muitas vezes engraçadas, de Burton costumam ser descritas como contos de fada para adultos. Suas criaturas desajustadas, no entanto, são bastante populares entre as crianças. "Sempre nos preocupamos com a possibilidade de isso ser assustador demais para as crianças. Mas, comigo, aconteceu de quase todos os filmes que pensei serem um pouco exagerados para as crianças acabaram, anos mais tarde, se mostrando bastante adequados aos padrões", afirmou ele.Questionado sobre qual tipo de livro e história despertava sua imaginação quando criança, Burton respondeu: "Eu não li muitos contos de fada. Os filmes de monstros eram um tipo de conto de fadas para mim".(Reportagem adicional de Mike Collett-White)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.