Vencedor do 1.º Mister África é branco

O vencedor do primeiro concurso continental de beleza na África é branco. Theuns Prinsloo, um sul-africano de 22 anos, derrotou 3 mil candidatos e venceu o torneio Mister Africa, valendo 6,1 mil euros, cerca de R$ 20 mil. "Todos que nascem na África são africanos", disse, comentando a vitória. A África tem uma ampla maioria negra de habitantes, daí ser chamado o continente negro. No país de Theuns Prinsloo, por exemplo, a população branca é de cerca de 10%. Em outros, como Tanzânia e Ruanda, não chega a 1%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.