MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO
MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO

Veja dicas de programas culturais em SP para esta quinta-feira

‘Caderno 2’ indica 5 destaques culturais; entre eles, o novo espetáculo de Christiane Jatahy, o show do cantor pernambucano Ott0, exposições e cinema ao ar livre

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2019 | 11h00

 

A equipe do Caderno 2 destaca cinco programas culturais para fazer em São Paulonesta quinta-feira, 16. Tem abertura de exposição na Pinacoteca, cinema ao ar livre na Casa das Rosas, espetáculo no Sesc Pinheiros e show no Bourbon Street. Confira:

 

Música

Com quase três décadas de carreira, o cantor, percussionista e compositor pernambucano Otto apresenta o show Canta Canta, Minha Gente, em que presta homenagem ao sambista Martinho da Vila. No repertório, estão músicas como Disritmia e Tribos dos Carajás. Quinta, 16, às 22h30 (abertura às 20h30). Bourbon Street. R. dos Chanés, 127, Moema, tel. 5095-6100. Ingressos: R$ 60 / R$ 85. 

 

Literatura

A poeta gaúcha Angélica Freitas, autora dos livros O Útero é do Tamanho de um Punho e de Rilke Shake, estará hoje no Goethe-Institut (Rua Lisboa, 974 - Pinheiros) para o projeto Passaporte: Literatura, uma viagem pelo universo afetivo e criativo em que os autores e as obras se encontram e multiplicam. Angélica Freitas participará de um bate-papo sobre a literatura contemporânea e a relação dos autores brasileiros com os de língua alemã, lendo e comentando obras que foram importantes na sua formação. A entrada é gratuita.

Cinema 

A Casa das Rosas realiza uma sessão ao ar livre de Jardim Paradiso, o filme O Homem Que Virou Suco (1980), de João Batista de Andrade, às 19h. No filme, Deraldo é um poeta popular recém-chegado do Nordeste a São Paulo, que sobrevive de suas poesias e folhetos. Seus verdadeiros poemas só aparecem quando ele é confundido com o operário que, na festa que receberia o título de operário símbolo, acabou assassinando seu patrão. Av. Paulista, 37. Tel.: 3285.6986. 5ª, às 19h. Mais informações, aqui.

 

Exposição

Até dia 17 de junho, A Pinacoteca exibe ao público do museu, pela primeira vez, quatro obras incorporadas recentemente à sua coleção. As obras dos artistas Marcius Galan, Débora Bolsoni, Regina Parra e Matheus Rocha Pitta ocupam quatro salas (A, B, C e D) contíguas à exposição de longa duração no 2º andar da Pina Luz. Com curadoria do Núcleo de Pesquisa e Curadoria da Pinacoteca, o conjunto faz um contraponto entre o histórico e o contemporâneo a partir do próprio acervo da instituição. Abre de quarta a segunda, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h). Praça da Luz 2. Ingressos: R$ 10,00 (entrada); R$ 6,00 (meia-entrada para estudantes com carteirinha); menores de 10 anos e maiores de 60 são isentos de pagamento; aos sábados, a entrada da Pina é gratuita para todos.

 

Teatro

Espetáculo de Christiane Jatathy dá voz aos refugiados com base na 'Odisseia' de Homero. Em cartaz no Sesc Pinheiros, 'O Agora Que Demora' une a linguagem do teatro ao cinema em projeto experimental. Durante a criação da montagem, a diretora viajou para diversos pontos do planeta nos últimos sete meses, quando filmou atores que vivem como refugiados no Líbano, Palestina, Grécia e África do Sul. O material, que inclui ainda cenas gravadas em uma tribo indígena na Amazônia, deu origem a um filme, exibido durante a peça. Sesc Pinheiros. Rua Pais Leme, 195. 5ª, 6, 20h30. Até 2/6.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemateatroliteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.