'Vegas', no canal pago Space, tem foco na violência

Esqueça os milhares de turistas tirando fotos diante dos letreiros luminosos. Na terra dos cassinos da série Vegas, que estreia hoje, às 21h, no canal pago Space, motoqueiros circulam assustando as pessoas nas ruas, tiroteios são comuns e as casas de jogos têm fachadas mais modestas. Ambientada nos anos 1960, a atração mostra o desenvolvimento da cidade norte-americana com foco na rivalidade entre o xerife Ralph Lamb, vivido por Dennis Quaid (O Dia Depois de Amanhã), e o mafioso Vincent Savino, encarnado por Michael Chiklis (de The Shield - Acima da Lei).

AE, Agência Estado

12 de março de 2013 | 10h01

A trama é inspirada na história real do fazendeiro e ex-delegado Lamb, que atuou como policial na época da Segunda Guerra. Dedicado a cuidar de sua propriedade, ele começa a se incomodar com a crescente presença de forasteiros e empresários dos cassinos, que chegam à região em pequenos aviões e perturbam os animais, dispersando o rebanho. Quando o protagonista resolve tirar satisfação com os novatos na área, seu jeito truculento chama a atenção do prefeito, que busca uma figura para ajudar a colocar ordem na corrupção que se espalha pelo local e também para investigar um assassinato misterioso de uma funcionária de uma casa de jogos.

Ao ser nomeado xerife, Ralph Lamb vira uma pedra no sapato de Savino, que suborna e mata quem atrapalha seus negócios. No primeiro episódio, ambos tentam manter a diplomacia enquanto o fazendeiro procura por pistas do crime no cassino do gângster. Apesar de andar com roupas de caubói e com uma espingarda nas mãos, o protagonista tem um faro para investigações que causaria inveja em na equipe da série policial CSI.

Sem nenhum aparato tecnológico, Lamb descobre rastros de sangue e tem acesso à contabilidade da casa de jogos, onde rapidamente se depara com evidências importantes para saber a identidade do assassino.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
TVVegas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.