Vaticano coloca na rede seus tesouros artísticos

A Capela Sistina está agora na Internet. O Vaticano inaugura hoje seu novo site na rede para os Museus Vaticanos. Seus diretores acreditam que a página atrairá mais turistas e poderá levar ao mundo a mensagem da Igreja.O site permite aos visitantes dar um passeio turístico virtual por algumas das dezenas de museus e galerias que constituem a coleção de arte vaticana, com imagens dos afrescos de Rafael e da Capela Sistina em um vídeo tridimensional.As imagens vêm acompanhadas por descrições traduzida para o espanhol, inglês, francês e alemão. Funcionários vaticanos disseram que o objetivo do site é dar aos turistas, estudantes e internautas, um exemplo da arte que a Santa Sé abriga e ao mesmo tempo divulgar a mensagem religiosa do Papa João Paulo II."A internet, com seu enorme potencial, permite-nos chegar mais perto de um número cada vez maior de pessoas para divulgar a mensagem evangélica em todo o mundo", disse o cardeal Edmund Casimir Szoka, encarregado de supervisionar os museus e galerias do Vaticano.O site www.vatican.va existe há quase oito anos, mas continha principalmente documentos e informações sobre a cúria romana. Seu vínculo com os Museus Vaticanos era muito pequeno.Agora, no mesmo endereço, os visitantes podem ver galerias completas das coleções egípcias e estruscas, assim como a Pinacoteca, os ambientes decorados por Rafael e a Capela Sistina, uma coleção nomeada pela Unesco patrimônio da humanidade.O site contém ainda informações sobre horário de funcionamento, preços de ingressos, publicações do museu e serviços gerais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.