Várias opções de lazer para a garotada

Depois do feriado de quinta-feira, em que a cidade foi esvaziada, um bom programa para o fim de semana é levar a garotada ao teatro. As filas serão menores, o trânsito estará bom. E opções há aos montes, para todos os gostos e faixas etárias.O Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1.000) é um reduto com público cativo. Tem atualmente em cartaz dois infantis. Um é Cordel ? 500 Anos de História, que integra o Projeto Caleidoscópio. O espetáculo resgata a literatura de cordel, por meio de três histórias, a do casamento da lagartixa, a da vitória do bode cheiroso e da grande missão de Virgulino. A montagem é da Companhia Cores Vivas, que valoriza a musicalidade diversificada do povo brasileiro.A outra opção do CCSP é Cocos e Mitos, da Cia. das Cores, que estreou quinta-feira, em pleno feriado. É um espetáculo de bonecos, feitos de vegetais duráveis, sementes, folhas e cabaças. Diversos personagens do folclore nacional desfilam pelo palco, como o Saci, a Iara e o Boitatá.Na Lapa, no teatro da Estação Ciência (Rua Guaicurus, 1.394), reestreou esta semana a comédia Os Turrões ? Para Cabeçudo, Cabeçudo e Meio, da veterana Tatiana Belinky, em que um casal de portugueses faz uma aposta do tipo ?vaca amarela pulou a janela?. No Sesc Interlagos (Av. Manoel Alves Soares, 1.100), vale a pena iniciar a garotada nos encantos da música de ópera, com o espetáculo Os Fantasmas da Ópera, dirigido por Wanderley Piras. Também no Sesc, mas na Vila Mariana (Rua Pelotas, 141), a dica é A Mala de Calêndula, em que crianças menores podem curtir a linguagem circense e a proposta de dar vida a objetos inanimados.Por falar em circo, não há como perder Circus ? A Nova Turnê, da Cia. Cidade Muda, no Teatro Alfa (Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722). Bonecos são manipulados com perfeição técnica em números típicos de picadeiro, como malabarismo e trapézio. Quem sentar nas primeiras fileiras terá surpresas extras. Tudo com muito bom humor.Para adolescentes, Pirata na Linha, no Sesi (Av. Paulista, 1.313), é o melhor. O autor Aimar Labaki entra no universo da Internet em uma trama que alia aventura, romance e humor teen, auxiliado pela direção sempre ágil de Débora Dubois. A entrada é franca.Entre os já considerados clássicos da cidade, há o Teatro do Castelo Rá-Tim-Bum 2 ? Tudo pelo Bem da Ciência, no Tuca (Rua Monte Alegre, 1.024), com os personagens conhecidos da TV Cultura, e O Terror dos Mares, no Teatro Imprensa (Rua Jaceguai, 400), baseado no livro Geografia de Dona Benta, de Monteiro Lobato, e premiado como o melhor espetáculo infantil de 1999 pela Associação Paulista de Críticos de Artes.

Agencia Estado,

08 de setembro de 2000 | 13h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.