Vargas Llosa duvida de Roth

O escritor peruano Mario Vargas Llosa, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 2010, disse não acreditar que Philip Roth vá abandonar a literatura, como disse o romancista americano, recentemente. "Não creio. Ele é bom demais, e já se dedicou demais à literatura", disse Llosa, nesta segunda-feira, durante uma coletiva de imprensa, em Nova York. "Muitas vezes, escritores dizem que vão parar, mas não podemos acreditar neles. (Roth) continuará produzindo bons romances", completou. Como sempre, ávido para falar de política, Vargas Llosa também comemorou a reeleição, na semana passada, de Barack Obama. / EFE

O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2012 | 02h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.