Vanity Fair elege as 'novas estrelas' de Hollywood

Entre as escolhidas pela revista, as indicadas ao Oscar Rooney Mara e Jessica Chastain

PIYA SINHA-ROY, REUTERS

01 de fevereiro de 2012 | 10h41

 

A revista Vanity Fair divulgou nesta terça-feira, 31, a capa de sua edição anual de Hollywood, que terá as "novas estrelas 2012". Entre as escolhidas pelo impacto que tiveram em filmes recentes estão as indicadas ao Oscar Rooney Mara e Jessica Chastain.

 

 

"Estamos procurando atrizes que estejam fazendo um excelente trabalho nas telas. E se elas são jovens e bonitas, bom, isso também não machuca", disse a editora de reportagem da Vanity Fair, Jane Sarkin, em um email à Reuters. A maioria das mulheres estão na casa dos 20 anos. A mais velha é Paula Patton, com 36 anos.

 

 

As 11 estrelas escolhidas junto com Mara (Millenium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres) e Chastain (Histórias Cruzadas) para a prestigiosa matéria de três páginas incluem Jennifer Lawrence, indicada para melhor atriz no Oscar do ano passado, e Mia Wasikowa, da Albert Nobbs.

 

 

Junto a elas estão na capa a atriz Elizabeth Olsen, de Martha Marcy May Marlene, Shailene Woodley, a estrela revelação de Os Descendentes, Paula Patton, de Missão Impossível: O Protocolo Fantasma, a Lily Collins, de Sem Saída, Adepero Oduye, de Pariah, o escritor-ator Brit Marling e Felicity Jones, de Like Crazy.

 

 

O ensaio com estilo art-déco, com as mulheres usando vestidos em tons pastéis com plumas e peles, inspirados na era do Jazz dos anos 1920 e 1930, foi feito pelo famoso fotógrafo Mario Testino.

 

A edição foi criticada no passado pela falta de diversidade racial entre os artistas escolhidos, e apesar de que na capa deste ano há duas mulheres afro-americanas, a revista atraiu críticas novamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.