Vanessa Menga promete ser estrela do carnaval

Acostumada às tensões de um partida de tênis, a atleta Vanessa Menga, de 24 anos, vai experimentar um outro tipo de emoção: a de desfilar pela primeira vez na Avenida Marquês de Sapucaí. Capa da Playboy deste mês, Vanessa sairá comodestaque do carro "Engenho de Cana" da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, a quarta escola a entrar no Sambódromo, na segunda-feira. Hoje à tarde, a tenista foi experimentar a suafantasia no barracão da escola. Vanessa vai sair com um biquini todo bordado e na cabeça terá um arranjo imitando uma coroa. "Ah, topless só na revista", brincou.Paulista, Vanessa não vai ficar sem defender as cores de agremiações do seu estado de origem. Ela sairá como destaque na escola Rosa de Ouro e como "Rainha do samba" no abre-alas da Unidos de Tucuruvi. "Não sou nenhuma mulata, mas gosto de samba", diz a jogadora, que também vai aproveitar a festa carioca no camarote da Brahma.A tenista foi convidada para desfilar na Imperatriz Leopoldinense pelo presidente da escola, Wagner Araújo e disse que não pensouduas vezes. "Vai ser fantástico desfilar na melhor escola do Brasil", afirmou. "Isto aqui é um luxo, é arte mesmo", comentou.Ao terminar esta maratona carnavalesca, a atleta volta ao dia a dia de treinos. Estão previstas viagens para os Estados Unidos e México, onde vai participar de torneios. "Este mês eu me dediqueimais à divulgação do meu trabalho na revista, mas vou voltar a treinar de forma intensiva depois do carnaval", informou. Ouro no Pan Americano de Winnipeg, em 1999, ao lado de Joana Cortez, Vanessa Menga começou a jogar tênis aos 4 anos. Satisfeita com o resultado do trabalho na Playboy, ela disse que "foidifícil" posar para as fotos. "Mas tive o apoio da minha família, e isto foi muito importante", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.