"Vale Tudo" terá versão em espanhol

As vilãs Maria de Fátima e Odete Roitman e a honesta Raquel são os trunfos da Rede Globo para conquistar a América. Na quinta-feira, a emissora apresentou o elenco do remake espanhol da novela Vale Tudo, que começa a ser gravado na próxima segunda-feira, em co-produção com a Rede Telemundo, braço hispânico da rede NBC.É um projeto de US$ 10 milhões, divididos entre as duas redes. Demorou dois anos para ser concluído e cada uma dá o melhor de si: a estrutura de produção da Globo e o público potencial da Telemundo, 35 milhões de hispânicos que vivem nos Estados Unidos, população que cresce geometricamente em quantidade e poder aquisitivo.A diretora-geral da TV Globo, Marluce Dias, comparou a sociedade com O Banquete, de Platão, em que o Homem comemora o reencontro de sua metade perdida. Essa parceria é a nossa outra parte, disse. Ir para os Estados Unidos é nossa opção para crescer. No Brasil chegamos ao máximo, não há mais mercado para expansão.O presidente da Telemundo, Jimi MacNamara, confia tanto na experência global que abriu mão de opinar na produção. Prefere aproveitar uma qualidade pouco comum na televisão norte-americana ou mexicana, já que sua maior concorrente é a Televisa, que domina o mercado. Já fizemos associações com a Colômbia, Venezuela e o México, mas esta promete durar mais, disse ele. Queremos fazer outros remakes de novelas que foram sucesso dubladas. Atualmente é O Clone, mas pensamos em refazer Dancing Days, Barriga de Aluguel ou O Rei do Gado.Para os 29 atores, a oportunidade de serem vistos nos Estados Unidos em uma produção cuidadosa é o principal atrativo de Vale Todo, título da versão espanhola. A mexicana Ana Cláudia Talacon, que será a Maria de Fátima, largou contrato com a Televisa apostando na visibilidade na terra do Tio Sam. Paulo Quevedo, que será seu amante, César, também. Ser vilão é outro motivo. Meu personagem foi disputado por muitos atores, contou Quevedo, que se parece fisicamente com o ator Carlos Alberto Riccelli, o César original, mas tem aquele jeito de amante latino, realçado pela pesada maquiagem que usava no coquetel de apresentação do elenco.Se os brasileiros assistirem a Vale Todo, estranharão o visual dos atores e os cenários, semelhantes aos das novelas do SBT (geralmente produções mexicanas) que da Globo. Natural, pois se é para conquistar esse público, é preciso encontrar o meio-termo ideal. É isso o que a Globo vai tentar a partir de segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.