US$ 1,8 milhão por tela de Matta

O óleo sobre tela Nada (1943), do surrealista chileno Roberto Matta, foi o destaque do leilão realizado anteontem na Sotheby's de Nova York, alcançando US$ 1,8 milhão, o maior preço do setor de vendas online. A pintura abriu uma série de leilões de arte latino-americana que ocorrem esta semana na cidade. O estudo final em têmpera sobre compensado de Cândido Portinari para o mural Fumo (1938) foi arrematado por US$ 374, 5 mil, o maior valor entre as obras brasileiras. A peça pertencia a um colecionador americano e faz parte de uma série criada para a sede do atual Palácio Gustavo Capanema, no centro do Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.