Ursos eram usados para proteger cultivo de maconha no Canadá

Uma dupla de plantadores de maconha no oeste do Canadá aparentemente estaria usando ursos para proteger seu cultivo ilegal, mas os animais provaram ser um pouco relaxados em suas funções de segurança, disse a polícia nesta quarta-feira.

REUTERS

18 de agosto de 2010 | 19h44

Autoridades estavam destruindo duas grandes plantações de maconha perto do lago Christina, no Estado de British Columbia, onde eles perceberam a existência de 10 grandes ursos pretos caminhando pela propriedade, disse a polícia.

Primeiramente, autoridades suspeitavam que os ursos poderiam ser perigosos, mas rapidamente constataram que os animais eram dóceis, afirmou a polícia em nota.

Duas pessoas foram detidas em ligação à droga.

Aparentemente, os ursos estariam sendo alimentados com comida de cachorro para que seguissem na propriedade.

(Reportagem de Allan Dowd)

Tudo o que sabemos sobre:
ODDCANADAMACONHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.