Uma relação histórica

Quando a Bienal de São Paulo foi criada, em 1951, por iniciativa do empresário Francisco Matarazzo Sobrinho (Ciccillo Matarazzo), o Museu de Arte Moderna de São Paulo era a sede do evento. Tanto que o título da exposição, na época, foi 1.ª Bienal do Museu de Arte Moderna de São Paulo e, naquele ano, o evento contou com 21 participantes. Foi assim até 1962, quando Matarazzo instituiu a Fundação Bienal de São Paulo c0mo entidade autônoma e, no ano seguinte, as duas instituições foram separadas. Na década de 1960, a Bienal de São Paulo passou a ter como sede, assim, seu grande pavilhão no Parque do Ibirapuera. / C.M.

O Estado de S.Paulo

20 de março de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.