Uma nova Traviata

A ópera La Traviata, de Verdi, ganha nova montagem no Teatro Municipal de São Paulo a partir de quinta-feira. Serão 11 récitas, ao longo das quais três elencos vão se revezar, sempre com a direção musical e regência de Abel Rocha, a direção cênica de Daniele Abbado e a participação da Sinfônica Municipal e do Coral Lírico Municipal.

O Estado de S.Paulo

18 de março de 2012 | 03h12

Na estreia, cantam a soprano russa Irina Dubrovskaya, o tenor francês Roberto di Biasio - que acaba de interpretar Ernani, de Verdi, no Metropolitan Opera House de Nova York - e o barítono italiano Paolo Coni; na sexta, o primeiro elenco nacional, com Adriane Queiroz, soprano paraense que integra o elenco da Staatsoper de Berlim, Marcelo Vanucci e Rodolfo Giuliani; no dia 1.º, estreia o terceiro elenco, com Rosana Lamosa, Fernando Portari e Leonardo Neiva.

La Traviata abre uma temporada, anunciada na noite de sexta-feira, que terá nove óperas e 16 concertos sinfônicos e de câmara, além de quatro apresentações do Balé da Cidade. Entre os principais destaques, a continuação do ciclo O Anel do Nibelungo, de Wagner, com O Crepúsculo dos Deuses, e um Macbeth, de Verdi, que será dirigido por Bob Wilson. Os outros títulos são: Idomeneo, Violanta, Uma Tragédia Florentina, Orfeu e Eurídice e O Rouxinol. / JOÃO LUIZ SAMPAIO

LA TRAVIATA

Quando: Dias 22, 23, 24, 25, 27, 28 e 31 de março; 1º, 3, 5 e 7 de abril. Onde: Teatro Municipal. Pça. Ramos de Azevedo, s/nº. Quanto: De R$ 40 a R$ 100

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.