Uma nova Berlim desembarca em SP

De uma estação de trens para 250 mil pessoas a uma piscina que expõe seus usuários aos olhos de 4 mil pessoas, os mais arrojados projetos arquitetônicos vêm tomando a Berlim pós-muro dos últimos 11 anos. Estas intervenções urbanísticas, que desde a reunificação em 1990 transformaram a capital alemã num canteiro de obras, poderão ser conhecidas pelos brasileiros na mostra A Nova Berlim - A Arquitetura de uma Metrópole, que será inaugurada em São Paulo nesta segunda-feira, às 19 horas, na Assembléia Legislativa do Estado.Com investimento de cerca de R$ 350 mil, a exposição trará informações sobre as construções realizadas (confira as principais) depois da queda do Muro de Berlim, além de um passeio virtual de barco pela cidade. Dividida em quatro partes, a mostra enfoca a comunidade judaica, os aspectos multimídia da capital, sua evolução arquitetônica e sua concepção urbanística, reunindo fotos, maquetes e painéis. Com entrada franca, o evento vai até 30 de setembro.Além de atrair turistas, a idéia da exposição é também chamar a atenção de arquitetos para as grandes mudanças ocorridas na cidade, que em julho do próximo ano será sede do Congresso Mundial de Arquitetura, para o qual são esperados 10 mil pessoas.Para tanto, os painéis trarão explicações bastante detalhadas. "Interessará tanto aos que só querem algumas informações como àqueles que buscam conhecer mais", explicou Volker Hassemer, um dos realizadores, durante entrevista coletiva realizada ontem na capital alemã.A mostra distribui-se por três andares. Sob o título Nova vida judaica em Berlim, a vida dos judeus na capital alemã ocupa um deles e traz um modelo da Nova Sinagoga. Nos outros dois, estão os projetos e as atrações high tech."Nossa expectativa é de que muitas pessoas queiram conhecer Berlim", observou Hassemer, lembrando que o turismo é apenas um dos enfoques do governo alemão. "O Brasil é um País importante para Berlim", garantiu, frisando interesse em costurar novas parcerias. Entre outros fatores, o apoio do Consulado Geral da República Federal da Alemanha de São Paulo e do Instituto Goethe para viabilizar o evento motivaram a escolha da capital paulista para receber a Mostra.A Nova Berlim - A Arquitetura de uma Metrópole. Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, São Paulo. A partir de 28 de agosto, das 8 às 18 horas. Entrada franca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.