Uma mega produção para Isaurinha Garcia

Basta tocar no nome de Isaurinha Garcia para que a atriz Rosamaria Murtinho dispare um verdadeiro monólogo. "Há tempos admiro sua personalidade. Meus filhos inclusive me lembraram que eu costumava imitá-la no seu modo de cantar e seus gestos", diz a atriz que estréia nesta sexta-feira o musical Isaurinha Garcia ? Personalíssima no Teatro Alfa. "Vi vários tapes dela e descobri até mesmo uma música inédita, Eu Sou do Brás, feita por Ary Barroso. Estudei cada movimento, como era passional nas interpretações. Lembro que, certa vez, ao cantar Cansei de Ilusões, ela caiu no choro porque se lembrou de um amor perdido." Para contar os altos e baixos na carreira (e na vida pessoal também) de Isaurinha Garcia, produziu-se um espetáculo grandioso, que conta com 76 personagens interpretados por 15 atores, além de 120 figurinos e 15 números musicais, todos tocados ao vivo. "Em breve, vamos lançar uma caixa comemorativa com todos os trabalhos dela em CD", anuncia Rick Garcia, neto da cantora e produtor do espetáculo. A peça começa em 1938, quando Isaurinha enfrentou o pai e passou a tentar a sorte como cantora em programas de calouros nas rádios. Antes de conquistar uma série de títulos, entre eles o de "rainha do rádio paulista", a cantora chegou a ser gongada algumas vezes. Enquanto a carreira seguia, Isaurinha penava na vida pessoal, repleta de amores turbulentos. "Soube, por exemplo, que, no final da carreira, ao saber da morte de Walter Wanderley, seu segundo marido, Isaurinha abriu o berreiro e se agarrou à geladeira. Foi preciso chamar a polícia para tirá-la dali", lembra Rosamaria. E completa: "Como boa escorpiana, também sou muito passional. Muitas mulheres vão se identificar com Isaurinha." Isaurinha Garcia ? Personalíssima - Teatro Alfa: Rua Bento Branco de Andrade Filho, 722. Tel.: 5693-4000. Sexta e sábado, às 21h; domingo, 18h. De R$ 30 a R$ 60. Estréia amanhã. Até 27/04

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.