Uma forma de ''materializar'' as lembranças

Os shows de Cesar Mariano, de sexta a domingo, no Sesc Vila Mariana, são parte de uma espécie de círculo interligado por fios de memória do compositor. Em cena, apenas ele e seus teclados. Os temas foram compostos enquanto Cesar escrevia o livro Solo. "Fiquei impressionado, eu ouvia músicas enquanto me esforçava para lembrar de certas coisas, sentia cheiros." Cesar também via cenas, a janela de sua casa na infância (foto), o quintal, o estúdio... Além de compor, então, ele passou a desenhar. O resultado de suas inspirações gráficas estarão expostos na entrada do teatro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.