Uma filial da Triennale no Brasil

Transferida de Monza para Milão em 1933 (a sede atual, no Parco Sempione, é de 2006), o definido "museu do design" nasceu para valorizar as artes aplicadas na era modernista do pós-guerra e da Bauhaus. O presidente da Triennale di Milano, Davide Rampello, teve a ideia, há um ano, de fundar uma sede do museu em São Paulo. O projeto deve ser discutido em 2011, no Brasil.

Juliana Lopes ESPECIAL PARA O ESTADO MILÃO, O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.