Um Nelson Rodrigues que vem de Cuiabá

Diversidade não é a palavra mais apropriada para definir a programação do Festival de Curitiba deste ano. Como costuma acontecer, quase todos os espetáculos são do eixo Rio-São Paulo. Nesse contexto, Anjo Negro, espetáculo de Cuiabá, surge como um estranho no ninho.

Maria Eugênia de Menezes, O Estado de S.Paulo

06 Abril 2011 | 00h00

Produção da companhia Mosaico, que existe há 15 anos no Mato Grosso, Anjo Negro é uma montagem da obra homônima de Nelson Rodrigues. Dirigida por Sandro Lucose, encenador formado no Rio de Janeiro, põe em cena 12 atores.

A capital paranaense deve ser a primeira parada de uma turnê nacional. É a primeira vez que a cia. integra a mostra oficial do Festival. Mas já participou do Fringe em outras edições, com peças como Caravana da Ilusão e Auto da Estrela-Guia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.