Ultra chega ao Brasil reunindo 40 atrações

Dando continuidade a um ano de megaeventos, mas deixando de lado o rock e o pop, São Paulo recebe hoje a primeira edição do Ultra Music Festival, que, por aqui, ganhou o nome de UMF Brasil. Realizado anualmente em Miami, desde 1997, o evento já passou por Ibiza, Nova York e Porto Rico. Com investimento de R$ 6 milhões, a versão brasileira reunirá mais de 40 atrações de música eletrônica em quatro palcos, na Chácara do Jóquei. Entre os destaques, o show inédito de Fatboy Slim e nomes como, Carl Cox, Groove Armada, Moby, Gui Boratto e Above & Beyond.

Maiara Camargo, O Estado de S.Paulo

06 de novembro de 2010 | 00h00

Longe do País há três anos, Slim diz ter sentido saudades. Antes, a boa relação do DJ e produtor inglês com a nação verde e amarela já rendeu um show no Aterro do Flamengo, para 400 mil pessoas, participação no carnaval de Salvador, aparição na sétima edição do Big Brother Brasil e o disco Fala, Aí, lançado em 2006.

Um dos pioneiros do festival, já que tocou em sua primeira edição americana, Slim diz não haver lugar melhor para um UFM. "Se Miami foi o lugar perfeito para o Ultra nascer, aqui é o lugar perfeito para realizá-lo", diz. Com cachê de R$ 500 mil, ele promete fazer um espetáculo repleto de efeitos visuais. "Temos show todo novo, maior e melhor. E eu mal posso esperar", afirma.

A responsabilidade de abrir o evento fica por conta de outro brasileiro admirado por Fatboy Slim, o DJ Marky, ícone paulistano do drum"n"bass, às 12 h. Simultaneamente, o mineiro Anderson Noise assume as picapes na Carl Cox & Friends Arena,

O line up do palco central traz ainda Above & Beyond, Groove Armada, Kaskade, Grum, Gui Borato, Afrobeta, Lovefoxxx, do grupo CSS, e Kings of Swingers, novo projeto dos DJs Mau Mau e Renato Ratier. Rabbit será a última atração. Na Carl Cox & Friends, Moby, Fedde Le Grand, Sister Bliss e Yousef se revezam no comando e Cox fecha a programação.

A carência de um grande festival do gênero chamou a atenção da agência de marketing F,Frison, que adquiriu os direitos de realizar o evento anualmente, até 2015. Dalva Fazzio, uma das sócias da empresa, está confiante. "O mercado de entretenimento no País está crescendo. Há uma brecha para eventos urbanos de música eletrônica", diz. A expectativa é que o primeiro UFM Brasil receba de 20 mil pessoas.

UMF BRASIL 2010

Chácara do Jóquei. Av. Prof. Francisco Morato, 5.100. 4003-1212. Hoje, a partir das 12 h. Ingr. de R$ 200 a R$ 1.000. www.ingressorapido.com.br. 18 anos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.