Último retrato de Heath Ledger vira atração na Austrália

Especialista em retratos hiper-realistas, Vincent Fantauzzo não tem conseguido passar muito tempo olhando para seu mais recente trabalho. O quadro retrata o ator Heath Ledger em três poses diferentes. No centro, o ator australiano tem o olhar fixo diante de si enquanto que seus dois outros ''eu'' sussurram palavras inaudíveis aos seus ouvidos. O artista plástico, também australiano, começou a pintá-lo no dia 28 de dezembro, quando Ledger foi passar as férias de fim de ano em sua cidade natal, a ensolarada Perth, e só deu a última pincelada em 22 de janeiro, véspera de o ator ser encontrado morto em seu apartamento, vítima de overdose acidental de remédios."Olhar por muito tempo para o quadro me emociona e ao mesmo tempo me dá calafrios, parece que ele ainda está ali diante de mim, posando", diz Fantauzzo, que pintou o quadro especialmente para participar este ano do Archibald Prize, principal prêmio australiano para retratistas.Mas, a imagem hiper-realista de Ledger não foi a vencedora. O júri do Archibald Prize confessou ter ficado em dúvida entre o trabalho de Fantauzzo e o retrato da artista plástica Del Kathryn Barton, mas acabou optando por dar o prêmio para esta última. O belo trabalho da artista, em que ela se retrata com os dois filhos, no entanto, não tem sido grande vencedor do público. Não há quem entre na Galeria de Arte de New South Wales, onde os 30 finalistas do prêmio estão expostos, e não fique impressionado com o belo trabalho de Fantauzzo. Depois da exposição, o pintor vai doar sua obra aos pais de Heath Ledger. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.