Último livro do papa é o maior best seller da Polônia

O último livro escrito pelo falecido Papa João Paulo II tornou-se o livro mais vendido de todos os tempos no país do pontífice, a Polônia, superando o recorde anterior, de Harry Potter e a Ordem da Fénix.A impressão inicial de 600 mil cópias do quinto e último livro do papa Memory and Identity (Memória e identidade, em tradução livre) já está esgotada e a editora Znak disse que já providenciou mais 500 mil cópias."Este é o best seller absoluto de todos os tempos na Polônia", disse Andrzej Rostocki, que monitora o mercado editorial polonês para o jornal Rzeczpospolita. "Imagino que as vendas vão passar de 1,5 milhão", ele disse.Mesmo contando apenas as primeiras cópias vendidas, o livro do papa já bateu o quinto volume da popular série do menino bruxo Harry Potter, que vendeu até agora 460 mil cópias. O romance O Código Da Vinci, de Dan Brown, está no terceiro lugar com 450 mil cópias vendidas."Depois da morte do papa, recebemos muitas ligações de livrarias da Polônia pedindo mais cópias do livro", disse a assessora da Znak, Sylwia Wcislo.Memory and Identity aborda tópicos que incluem o atentado de 1981 contra a vida de João Paulo e os danos causados pelo nazismo e o comunismo na Europa no século passado. Ele é baseado em transcrições de conversas que o papa teve com dois amigos poloneses, o filósofo Krzysztof Michalski e o falecido reverendo Jozef Tischner, em 1993. O livro foi lançado na Itália, em 23 de fevereiro.A pedido do papa, os lucros da edição the polonesa serão repassados para estudantes pobres da Europa central.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.