TVs se unem para debater o poder dos EUA

O que o mundo pensa dos Estados Unidos? Esse é o tema de um debate que será realizado pela rede britânica BBC amanhã, às 11h30 e reunirá dez das mais importantes emissoras de TV do mundo, entre elas, a Globo. O debate terá como base pesquisas de opinião pública encomendadas pela BBC em cada um dos países que participarão do programa: França, Israel, Rússia,Arábia, Brasil, Coréia do Sul, Austrália, Canadá, Indonésia e Inglaterra.Na pesquisa, quatro pontos fortes dos americanos foram avaliados: o poder militar, o poder econômico, influência cultural e poder político. Conduzido pelos âncoras ingleses Andrew Marr e Peter Snow, o debate contará com um âncora de cada emissora comentando os resultados da pesquisa em seu respectivo país. O representante brasileiro será Renato Machado, que estará no estúdios da Globo comentando a opinião do público brasileiro e respodendo as perguntas dos demais âncoras de outras emissoras. Machado foi escolhido por ter morado na Inglaterra e ter sido correspondente internacional por muitos anos."Cada país terá um tempo mínimo de dois minutos para cada comentário", explica a gerente de Novos Produtos do jornalismo da Globo, Teresa Cavalleiro. "Pediram também para que fizéssemos entrevistas com brasileiros, famosos ou não, sobre o tema da pesquisa. Creio que vamos escolher algumas entrevistas para exibir no programa", continua. "Entre os nossos entrevistados estão o técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, e a escritora Ana Maria Machado."Nos estúdios da BBC, de onde o programa será ancorado, sete personalidades inglesas estarão comentando o debate, que terá 1h30 de duração. Apesar de unir as dez redes de TV em tempo real, o programa será gravado e exibido somente à noite na Inglaterra. No Brasil o programa irá ao ar só pelo canal pago Globo News, no dia 28.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.