TVs por assinatura denunciam monopólio da Globo

A briga envolvendo a Associação deOperadoras Independentes de TV por Assinatura, Neo TV, e aGlobosat, das Organizações Globo, continua. A última rodada é umlevantamento da Neo TV sobre as transmissões dos jogos defutebol do Campeonato Brasileiro de 2001. O grupo, que reúne 41 operadoras independentes de TV por assinatura, questiona na Justiça a exclusividade da Globosat na transmissão de competições esportivas, uma vez que os principaisjogos de interesse da TV paga são transmitidos pelo canal SporTV, também pertencente às Organizações Globo e não distribuído a essas operadoras.Segundo o levantamento, que deve ser incluído noprocesso contra a Globo, cerca de 37,3% das partidas doCampeonato Brasileiro de 2001 não foram transmitidas. Dos 336jogos, apenas 12,8% foram transmitidos em rede aberta (TV Globo)e 49,9% foram televisionados exclusivamente via sistema Net -canal Sportv e pay-per-view. Com esses números, a Neo TV pretende provar na Justiça que a exclusividade do campeonato adquirida pelas OrganizaçõesGlobo prejudica o telespectador brasileiro.Desde setembro, a Globo responde a um processoadministrativo sobre o caso, instaurado pela Secretaria deDireito Econômico. A Neo TV já prepara o levantamento dastransmissões de outros campeonatos importantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.